Maternidade

Como fazer o bebê dormir sozinho à noite?

31 de August de 2015
SOCIALICON
SOCIALICON
SOCIALICON
SOCIALICON

Oiiii mamães!!

Tudo o que eu vou contar aqui, vem de experiencia própria minha e de muitas outras mamães que fizeram o mesmo que eu fiz para conseguir que seus filhotes dormissem sozinhos em seus quartos.

As primeiras semanas com o bebê

As primeiras semanas são, definitivamente, as mais difíceis de todas as fases (pelo menos até a adolescência .. rs). É um momento de adaptação não só para o bebê, mas para os pais também. Dormir por pelo menos 4 horas seguidas a noite pode ficar impossível! As vezes, perdemos até a esperança que um dia iremos dormir como antes… é bem complicado! E sem o nosso sono não somos ninguém.

É a fase onde o bebê não sabe o que é dia e noite, onde ele não entende que hora de dormir é hora de dormir, é onde ele sente fome todo minuto, é quando ele precisa de muito contato físico.

Quando o bebê ainda é um recém-nascido, eu recomendo dormir junto com ele. O bebê é ainda muito pequeno, e está se sentindo muito sozinho nesse mundão, alias ele acabou de sair da barriga da mãe, onde estava tudo muito quentinho e seguro, portanto o contato físico com a mãe é muito importante.

É muito importante ele ir se adaptando aos poucos para que ele não acabe se sentindo com “trauma” e virar sendo uma criança com problemas para dormir desde recém-nascido.

Tudo é uma questão de empatia, de bons costumes e de uma boa adaptação.

Ou o bebê pode dormir do lado da mãe, do lado do pai, ou em um berço/moisés do lado da cama, mas NUNCA entre os pais, pois ele pode acabar sentindo muito calor e pode se asfixiar.

Com os meus dois filhos eu deixei eles dormindo em um moisés do meu lado da cama. Assim era mais fácil eu levantar para dar de mamá, já que era preciso ir a cada meia hora. Eu não deixei eles dormirem no meu lado dentro da cama, porque eu não dormia bem, sempre muito torta, e tinha medo que eu fosse machucá-los.

Depois do primeiro mês

É muito comum ver pais que deixam o bebê dormir junto com eles na cama por comodidade, ou até mesmo pelo cansaço. Fica muito mais fácil para a mãe amamentá-lo, assim ela pode dormir enquanto o bebê mama e acaba dormindo também. Eu já fiz isso várias vezes, mas eu ainda acho que está errado. Fazendo isso, podemos não só mal acostumar o bebê a dormir na nossa cama e sempre no peito, mas como pode ser perigoso o bebê se engasgar e nem vamos estar acordadas para ajudá-lo (não quero nem pensar!).

Depois do primeiro mês, eu recomendo o bebê já ir dormir em seu quarto sozinho. Até porque os pais já devem estar suuuuper cansados de terem que acordar de meia em meia hora (ao dormir em quartos separados, os bebês não irão acordar com tanta frequência para mamar, já que não haverá muita movimentação/barulho ao seu redor), e também é o momento onde o bebê já precisa ter alguma “regra” ou rotina em casa.

Os especialistas da área dizem que é depois de um mês que os pais já podem começar a dar uma rotina para o bebê. Claro, nada de muito radical, mas é importante já ir acostumando o bebê com alguns bons hábitos, como por exemplo:

– Dormir sozinho

– Não cair no sono sempre na amamentação

– Não cair no sono sempre com colo

Por mais difícil que seja para nós e para os bebês também, temos que tentar, pois seremos nós que iremos sofrer no futuro.

Eu lembro que eu dormia super mal, porque cada movimento e cada barulho que eles faziam, eu acordava. E cada barulho e movimento que eu e meu marido fazíamos, eles acordavam. Nunca tínhamos paz. Então, quando eu os coloquei para dormir sozinhos, não só eu e meu marido dormimos super bem, mas os nossos filhos também. Foi maravilhoso e instantâneo!

Um erro que muitos cometem é deixar o bebê dormir com os pais até uma idade mais avançada (eu já vi até os 3 anos de idade). Existem vários contras, na verdade muito mais contras do que prós em fazer isso:

– Atrasa a criança a ser independente.

– Será mais difícil deixar a criança dormir fora de casa.

– Altera a vida sexual dos pais.

– Se a criança dormir na cama com os pais, pode dar problemas na coluna dos pais por sempre dormirem “tortos”.

– Conforme o tempo passa, fica mais e mais difícil a criança desacostumar com esse mal habito.

O melhor jeito para fazer o bebê dormir sozinho:

Como eu já disse antes, tudo é uma questão de adaptação. E essa adaptação terá que acontecer enquanto o bebê ainda não está mal acostumado. Ou seja, enquanto ele ainda não está acostumado em dormir com os pais na mesma cama, ou no mesmo quarto. Por isso é recomendado para quando o bebê ainda tem poucos meses de idade.

O que se deve fazer: Poucos meses de idade

– Uma cortina “blackout” é um bom investimento para que seu filho não acorde assim que raiar o dia.

– Músicas para bebês, como orquestra, mobile, ou até mesmo a voz dos pais cantando pode acalmar o bebê.

– Um berço/moisés que balance. Cuidado para não acostumar o bebê a sempre ser balançado. Revese um pouco, uma noite com balanco e outra com música.

– Um banho morno e mamá antes de dormir é uma beleza para relaxar o bebê.

– Não coloque muita roupa no bebê, apenas o suficiente. Ele pode acordar depois de pouco tempo com calor ou frio.

– Não se preocupe se tiver barulho em casa. Bebês bem novinho gostam de dormir com barulho, alias eles estavam em nossas barrigas ouvindo tudo o que acontecia aqui fora. Muitas vezes o barulho pode ter o efeito de calmaria neles.

– Uma chupeta se ele for do tipo que só dorme mamando.

O que não se deve fazer:

– Colocar o bebê para dormir com os pais no meio da adaptação.

– Colocar o bebê para cair no sono mamando, e depois que ele dormir nos bracos da mãe, deitá-lo no berço (isso pode o fazer acordar assustado quando perceber que foi dormir em um lugar e acordou em outro, fora que assim ele sempre irá querer dormir mamando, o que é um péssimo costume).

Apesar do recomendado é acostumar os bebês a dormirem sozinhos bem cedo, eu sei que muitos pais deixam seus filhos dormindo com eles até uma idade mais avançada. E quando eles decidem acostumar seus filhos a dormirem em seus próprios quartos, acaba ficando mais complicado, mas não é impossível.

O que se deve fazer: Depois de uma idade mais avançada

– Uma cortina “blackout” também é muito recomendada (se a criança tiver medo de escuro, um abajour no quarto pode ser uma boa ideia).

– Um quarto onde a criança ajudou a decorar, fazendo com que ela se sinta com vontade de dormir lá.

– Muita conversa com a criança sobre as mudanças. Sempre com muita empatia!

– Deixar a porta entre aberta nas primeiras semanas até ela acostumar.

– Fazer uma rotina na hora de dormir. Ir para cama sempre na mesma hora, ler livros, cantar musicas, a escolha do bichinho de pelúcia, etc.

O que não se deve fazer:

– Jamais deixar a criança desinformada do que vai acontecer com ela. Conversar sempre com ela sobre o porque ela terá que dormir sozinha.

– Não mostrar para a criança insegurança.

– Não mostrar para a criança que você está quase desistindo.

– Não desistir!

– Não colocar a criança para dormir com vocês “só essa noite”.

– Jamais pegar a criança do berço. Se quiser acalmá-la converse com ela e faça carinho nela dentro do berço.

– Nunca gritar com a criança, por mais frustrante que seja. Se você estiver frustrada, saia do quarto e a deixe chorando, e volte depois para acalmá-la sem tirá-la do berço.

No começo dessa nova adaptação, pode ser muito difícil. A criança pode chorar cada vez, gritar, mas é muito importante que os pais tenham muita segurança nas ações e nas palavras. A criança não pode ver que os pais estão quase desistindo. Pelo ao contrário, ela precisa ver que não terá jeito se chorar, ela terá que dormir ali de qualquer jeito e que os pais não vão tirá-la.

*Converse com ela, explicando que vocês estão dormindo bem ali do lado, que a porta estará meio aberta, que vocês estarão ouvindo tudo o que vai está acontecendo. Assim ela não se sentirá muito distante de vocês.

Pode ser que demore umas semanas, meses, ou pode ser que demore apenas alguns dias. Depende muito de criança para criança, mas o importante é saber que se vocês persistirem, o resultado com certeza vai ser positivo no final.

Eu espero ter ajudado! E se alguém tiver outras diquinhas de como fazer os bebês/crianças dormirem sozinhos, por favor, me mande que eu posto aqui! 🙂

Beijinhos!

Only registered users can comment.

  1. Muito interessante o comentário. Mas minha reclamação são essas dores. Quando sofri uma crise de lombalgia, o médico me falou desse colchão ortopédico. Alguém aqui conhece? Ouvi dizer que cuida até enxaqueca e dor de cabeça.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *