Dinamarca | Festa

Festa de Aniversário Infantil Dinamarquesa

29 de September de 2015
SOCIALICON
SOCIALICON
SOCIALICON
SOCIALICON

Depois de quase um mês sem postar nada aqui no meu amado blog, resolvi dar sinal de vida me desculpando  e esperando que vocês entendam a minha correria. Esse mês começou com tudo aqui em casa.

Estou recebendo uma amiga dos USA por 3 semanas aqui em casa, duas festinhas de aniversário da Lili, o Theo está cada vez mais levadinho (já está se “arrastando” pela casa)… Enfim, sou a correria em pessoa!! Mas agora que as coisas já estão se tranquilizando voltei com vários postes legais para vocês.

Bom, eu já disse que fiz duas festinhas de aniversário para a Lili… Eu decidi fazer duas porque quis fazer algo mais simples, aqui em casa mesmo, mas como nós moramos num apartamento, tive que dividir o povo em dois grupos.

Como eu nunca tinha feito nenhuma festinha para ela com estilo dinamarquês, resolvi fazer uma esse ano. Convidei apenas a família do meu marido (Kim), que já enche bastante a casa. Resolvi separa-los dos brasileiros dessa vez, porque eu sei que por mais que eles falam que gostam da festas “abrasileiradas” vejo que ainda eles sentem falta do típico “senta, come e conversa” estilo festa.

Para quem tem curiosidade, ou está morando aqui na Dinamarca e quer saber como se faz uma festinha infantil dinamarquesa ficam sabendo que tudo pode ser planejado em apenas um dia antes da festa… rsrs – é tudo bem simples! Eles aqui não se focalizam nas decorações, nem na mesa dos doces, eles aqui se focalizam em fazer uma boa comida (bolo, pão), uma boa conversa na mesa, e fazer o aniversariante feliz.

Senta, come e conversa

 imageimage

Qualquer tipo de festa aqui na Dinamarca é baseado em comer, sentar e conversar. Tanto em casamento quanto em uma festinha simples infantil.

As pessoas sentam em seus lugares, comem e bebem, e conversam a festa toda, sempre tentando conversar com TODOS da festa. Os assuntos podem até ficarem meio “robotizados”, mas falta do que falar ele não ficam. As vezes até parece que eles estão te fazendo entrevista com tantas perguntas. Aqui conversar em festas é regra!

Patriotas?

image

Em geral, aqui bandeira é sinonimo de comemoracão. Então em festas as bandeiras não podem faltar, né?!

E bandeira em aniversários aqui é que não falta!

Eu me lembro que logo que cheguei aqui fui em uma festa de aniversário (não era infantil), e eu só via bandeiras da Dinamarca. Pensei que o tema da festa era da seleção dinamarquesa (que mico!).

Bolos, Pães e Chocolate Quente

imageimageimage

“…Med dejlig chokolade, og kager til!”

Na música de parabéns deles já dize tudo – Bolo, chocolate quente e a famosa “boller” (pão de leite que se come junto com manteiga, marmelada, nutella) não podem faltar nas festinhas infantis. Tudo o que as crianças mais gostam, e os adultos aproveitam!! rs

Aqui não tem mesa de doces, pelo menos não é nada parecido com as mesas de doces (ou do bolo) das festas do Brasil. Aqui tudo fica em uma mesa só, como uma mesa de jantar, mas só com bolos, pães e bebidas… ah, e os convidados em volta.

Em relação ao bolo, sempre tem vários tipos de “lagekage” (bolos/tortas) diferentes, pois o povo aqui adoooora um bolo recheado e os pedaços não são humildes não… por isso é recomendado fazer mais que um bolo (no mínimo).

Chegou a hora dos parabéns!

imageimage

A hora dos parabéns aqui não é muito diferente do que no Brasil não. A única diferença é a música (claro!), e a famosa tradição de assoprar as velas atrás da mesa do bolo, que aqui o bolo fica na mesa onde os convidados sentam.

Kagemand (homem bolo)

image

Não tem nada mais tradicional em uma festa de aniversário aqui na Dinamarca do que o famoso Kagemand.

O tradicional kagemand é feito de um massa especifica chamada “vandbaggelse”, mas particularmente eu não gosto muito, então resolvi fazer o nosso de massa de bolo comum mesmo, pois o mais importante aqui, pelo menos aqui em casa, não foi comer esse bolo, mas sim montar ele com a Lili, que amoooou, e rir um pouco com o resultado. Eu adorei fazer esse homem bolo, e tenho certeza que não vai ser a ultima vez que vamos fazer.

A hora de abrir os presentes!

image

Essa é a hora mais esperada pelo aniversariante, pelo menos a Lili não parava de me perguntar quando ela iria poder abrir seus presentes.

Aqui na Dinamarca, os aniversariantes tendem abrir os presentes depois de tudo, no final da festa, mas também sem sempre é assim. Nesse ano, a Lili quis abrir no começo da festa (ou talvez eu que não quis ouvir a festa inteira ela me pedindo para abri-los). Abriu um por um, e com muita concentração. Aqui é muito raro que o aniversariante não abra os presentes na festa para os convidados verem o que ele ganhou. Não tem muita regra quando abrir, mas eles sempre abrem na festa mesmo.

Agora vocês já sabem como uma festinha dinamarquesa é. Super simples, mas super aconchegante e alegre.

Qualquer dúvida é só perguntar! 🙂

Beijinhos!

XXX

Only registered users can comment.

  1. Adorando conhecer mais sobre a Dinamarca, e olha que interessante, acho que estão mais certos que os brasileiros, gastamos mesmo muito em decoração (eu e vc não rs) porque na verdade o bom é comer e beber bastante, rir e conversar né?
    Bjinhos

    1. Com certeza! Muitas pessoas gastam muito tempo, e dinheiro, com festas gigantescas que na verdade é mais para mostrar os convidados. Para mim, uma festa tem que ser bonita sim, mas também tenho que levar em consideração aos fatos. Equilibrando o que uma festa infantil realmente precisa ter para ser alegre, não só para os convidados, mais para o aniversariante principalmente. Beijão!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *