Família | Maternidade

Ir Trabalhar ou Ficar em Casa com os filhos?

17 de December de 2015
SOCIALICON
SOCIALICON
SOCIALICON
SOCIALICON

Olá meus amores!

Agora que já está chegando a hora de voltar a colocar a minha vida profissional na linha, chegou a hora do Theo começar no berçário.

Eu sempre fui muito tranquila em relação a isso, até porque eu sei que esse é o melhor para ele, como pessoa, e claro para mim também, que não vejo a hora de voltar a pensar mais na minha carreira.

É muito gostoso ficar em casa com ele. Estar ali pertinho vendo seu desenvolvimento, ser a pessoa mais importante na vida dele, confesso que o sentimento de ser a preferida para os colos, para dar comida, para ninar, logo para um filho, é muito bom.

É muito comum de nós, mães e pais, acabamos egoístas sem querer, em pensar que queremos eles perto de nós para sempre, que somos especiais para eles, e queremos guardar esse sentimento para sempre. Ingenuamente não sabemos o mal que podemos fazer para eles, e indiretamente para nós também.

 

Prós do ir trabalhar ir para a creche/berçário:

Para a criança

  • A importância do contato entre outras crianças e outros adultos.

  • O desenvolvimento da fala (comunicação), alimentação, coordenações motoras

  • Saber se sentir segura (timidez, por exemplo)

  • Se tornar independente

  • Saber lidar com conflitos

  • Saber controlar seus sentimentos

  • Saber ter paciência

  • Reconhecer seus erros e acertos

  • Aprender a respeitar

  • Ter disciplina

  • Saber dividir

  • Gastar as energias necessárias brincando o dia todo (uma criança saudável deve fazer, no mínimo, 1 hora de exercício físico por dia)

 

Para os pais

  • Ter mais tempo para si mesmo (recarregar as energias)

  • Ter mais tempo para a carreira

  • Ter uma boa comunicação com seu filho

  • Participar de atividades da escola com seu filho

  • Mostrar reconhecimento ao seu filho

  • Fazer amizades com outros pais de alunos da escola

  • Saber o nível de desenvolvimento de seu filho

 

Contras do ir trabalharir para a creche/berçário:

Para a criança

  • Ter mais contato com a mãe/pai

  • Receber mais afeto materno/paterno durante o dia

  • Construir uma boa relação com a mãe/pai

 

Para os pais

  • Ter sempre seu filho por perto

  • Seguir o desenvolvimento de seu filho por perto

  • Ser a pessoa preferida para seu filho

  • Educar e criar seu filho exatamente do jeito que quiser

  • Fazer mais atividades entre filho – mãe/pai

 


 

Eu, como uma quase pedagoga, sou super a favor que os bebês vão sim para a creche/berçário, para deixarem seus pais se dedicarem em sua carreira, e além disso, para que seus filhos se desenvolvam entre outras crianças e adultos. Mas, claro, levando em conta que a tal creche/berçário seja A instituição, e os pais consigam ver nitidamente o desenvolvimento de seus filhos, e que tudo seja bastante vigiado. Portanto, a escolha da instituição certa é uma das escolhas mais importantes que os pais que querem trabalhar precisam fazer, pois será lá que seu querido filho irá passar a maior parte de seu tempo.

Aqui na Dinamarca o governo pensa muito sobre pais com carreira, e faz com que a maioria das instituições abrem as 7 horas da manhã (tem umas que abrem as 6 horas), e fecham as 5 horas da tarde, deixando assim, os pais que trabalham, com mais flexibilidade para deixarem seus filhos nas escolas. Na minha opinião, eu acho uma ótima ideia, já que os pais precisam ir trabalhar, mas ao mesmo tempo, eu acho que 10 horas por dia para uma criança ficar na escola é muito tempo. É um assunto realmente delicado, pois nem todo mundo consegue sair do trabalho cedo para ficar com seus filhos, então, nesse caso, o jeito é aproveitar dessa ajuda que o governo nos dá e fazer valer a pena tanto na carreira, como nas horas livres com seus filhos.

image image

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *